19 outubro 2009

A FERA NA SELVA

Puxa, que leitura! Curta e densa. O interesse surgiu quando o Brabo postou um curioso texto sobre a obra. Da curiosidade, iniciei uma implacável busca ao livro que simplesmente não existe na maioria das livrarias e cebos do país; exceto em inglês, é claro.

Consegui encomendar e aguardar vir um exemplar único da Bahia. Valeu a pena. Hoje, após concluí-lo, ainda me encontro pasmo, com cara de bobo; lendo e relendo algumas passagens que me desafiaram o entendimento.

O autor escreve como quem se descreve. De fato, toda obra-prima tem um “quê” autobiográfico. O meu interesse surgiu, igualmente, – e apenas talvez - pela semelhança de sentimentos; a sua espera é, definitivamente, o que busco.

O clímax, apesar de trágico – não menos trágico do que a própria narrativa já se faz presumir do início – é como uma boa música que se finda: a melodia continua ecoando na cabeça enquanto fragmentos da letra saltam aqui e acolá para dar sentido ao que enquanto se ouvia não se percebia. Duas ou três páginas que ligam, dão sentido à narrativa – bem mais sentido , por sinal, do que à vida do protagonista.

O desfecho me desafia e motiva. O hoje é agora! O que o amanhã trouxer… Bem, será amanhã!

2 Comments:

Anonymous Ulisses said...

Nem acreditei!!! Uma atualização!!!

Tinha visto o post da Bacia... Agora espero pelo menos a xerox autenticada dessa raridade (joguei a verde, hein????).

Vlw, Pastor! Fica na Paz!!

12:53 PM  
Anonymous Site do Apostolo Ladislau Nunes said...

Amados sejam tbm seguidores do meu Site!
Obrigado!

Apostolo Ladislau Nunes!

www.apostoloquatroevangelhos.blogspot.com

9:05 AM  

Postar um comentário

<< Home